No giz do gesto, o jeito pronto do piscar dos cílios, que o convite do silêncio exibe em cada olhar...

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

É o fim daquele medo bobo.



"Não sei se estou perto ou longe demais, se peguei o rumo certo ou errado. Sei apenas que sigo em frente, vivendo dias iguais de forma diferente. Já não caminho mais sozinha, levo comigo cada recordação, cada vivência, cada lição. E, mesmo que tudo não ande da forma que eu gostaria, saber que já não sou a mesma de ontem me faz perceber que valeu a pena."

Um olhar maduro não se prende ao pouco do que o outro me revela.


quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Novo, de novo.





Tudo muda o tempo todo.

Há dez minutos estava aqui com a lua a iluminar minhas ideias. De repente o tempo mudou, o vento ficou mais frio e vem chuva por aí.
Chuva pra lavar a alma, pra aquietar o coração e fazer descansar.
E a vida é idêntica ao tempo. Ontem vivia o novo, o pulsar da novidade, hoje agora já vivo o passado.
Sim, um pretérito quase mais que perfeito, de semelhança, de coração aberto que dizia: Abraça forte pra não escapar tanta soma de sentimento. Aperta. Veloz, na velocidade da luz.
Viver é isso. É se encher de sentimento, é transbordar, é se achar inteiro, é querer ser dois sendo um.
É um sabor doce, que não cabe descrição, é pura emoção, não cabe conceito, definição e muito menos razão.
Encostou o recomeço, peraí, de novo?
Sim, sou feita dele, de inícios, sem meios.


Renata Novacosque

quarta-feira, 22 de julho de 2015

o ‪amor‬ quando acontece...


O amor espera. 
Espera sem pressa. 
O amor espera com confiança, “esperando contra toda esperança”. 
O amor espera no silêncio, na paciência, na crença de que tudo tem seu momento oportuno. 
O amor espera na tristeza e encontra na dor motivos para continuar a esperar. 
O amor espera o dia seguinte, a próxima semana e o próximo mês. 
O amor espera contando os dias e somando as saudades. 
O amor espera a primavera, mesmo se no inverno já chegou.
O amor espera sentado no banco da fidelidade, na estação da liberdade. 
O amor espera com muita lealdade, olhando atento quem partiu. 
O amor espera sem deixar de sonhar.
O amor espera sem deixar de ser amor. 
O amor espera o tempo do diferente. 
O amor espera quem ainda não chegou. 
O amor espera mesmo sem esperança. 
O amor espera mesmo sem lembrança. 
O amor espera o que viu e espera ainda mais o que não enxergou.
O amor não teme esperar. 
O amor não teme a espera. 
O amor espera sem se entregar. 
O amor espera a aurora e não desperta sem o outro querer. 
O amor espera com o vento do contratempo e mesmo assim, não se deixa abater. 
O amor espera que passe e espera o que passou. 
O amor espera de olhos fechados. 
O amor espera o passo de quem se atrasou. 
O amor espera o tempo como o tempo espera o amor. 
O amor espera mesmo perdendo. 
O amor espera o sim e espera o não. 
O amor espera sem aprisionar, mas se prende decidindo esperar. 
O amor espera tudo sem cobrar nada. 
O amor espera para além dos muros. 
O amor espera até o fim da estrada.

Denise Landim

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Pra frente



É hora de se libertar de seu casulo de auto-limitação e mover-se em níveis mais elevados de amor e luz.
 Panache Desai

domingo, 12 de julho de 2015

A caminhada



Alguém chama, Ele me ama 
E me conduz e me quer feliz 
Ele fala, só escuto, paro mudo 
E o que Ele me diz 
Vem me seguir que eu caminho 
Junto com você ao fim 
Depois da caminhada você é feliz 
Se deixas todas coisas só por mim, por mim 
Vem me seguir que o meu caminho 
É o da porta estreita, sim
Porém ao acabar junto de mim 
Você vai entender por que é bom, é bom servir 
Ele quer uma resposta
Todo dia de você irmão 
É difícil a caminhada 
E por isso, ele lhe estende a mão 
Vem me seguir que eu caminho 
Junto com você ao fim 
Depois da caminhada você é feliz 
Se deixas todas coisas só por mim, por mim 
Vem me seguir que o meu caminho 
É o da porta estreita, sim
Porém ao acabar junto de mim
Você vai entender por que é bom, é bom servir.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Salve o poeta



...Que a importância de uma coisa não se mede com fita métrica nem com balanças nem barômetros etc.
Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produza em nós.

Manoel de Barros

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Vento do sul.



- Mas eu desejo, profundamente, que Deus também ouça as preces que lhe dirijo quando eu não consigo elaborar prece alguma .!

Ana Jácomo.

sexta-feira, 14 de março de 2014

A poesia prevalece!



"O primeiro senso é a fuga.
Bom, na verdade é o medo,
Daí então, a fuga.
Evoca-se na sombra uma inquietude,
Uma alteridade disfarçada,
Inquilina de todos os nossos riscos,
A juventude plena e sem planos se esvai
O parto ocorre.
Parto-me. Parto-me. Parto-me. Parto-me.
Aborto certas convicções.
Abordo demônios e manias.
Flagelo-me.
Exponho cicatrizes.
E acordo os meus, com muito mais cuidado,
Muito mais atenção!
E a tensão que parecia nunca não passar,
O ser vil que passou para servir,
Pra discernir, harmonizar o tom.
Movimento. Som.
Toda terra que devo doar.
Todo voto que devo parir.
Não dever ao devir,
Nunca deixar de ouvir,
Com outros olhos!"
 
(Fernando Anitelli)

sexta-feira, 7 de março de 2014

Gratidão.



Eu sou casa de telhado furado,
 de porta caída,
 de parede quebrada,
 mas continuo sendo o endereço de Deus.

Abner Santos

quinta-feira, 6 de março de 2014

Ser inteiro.



Bonito uma amizade que nasce a partir da precariedade, quando você chega desprevenido, o outro viu o que você tem de pior, e mesmo assim, ele se apaixonou por você. Amor concreto, cotidiano, diário.
É quando no sepulcro do nosso coração, alguém descobre um fio de vida, e ao puxar esse fio, vai fazendo com que a gente se torne melhor.Não há nada mais bonito do que você ser achado quando você está perdido.Não há nada mais bonito do que você ser encontrado, no momento que você não sabe para onde ir e não sabe nem onde está...O amor humano tem a capacidade de ser o amor de Deus na nossa vida por causa disso: porque ele nos elege!Por isso que é bom termos amigos, porque na verdade, as pessoas amigas antecipam no tempo, aquilo que acreditamos ser eterno...Quando elas são capazes de olhar para nós e descobrir o que temos de bonito. Mesmo que isso, as vezes costuma ficar escondido por trás daquilo que é precário.

Fábio de Melo. 

quarta-feira, 5 de março de 2014

Morada


Como cortar pela raiz se já deu flor?
Como inventar um adeus se já é amor?

Não quero reescrever
As nossas linhas
Que se não fossem tortas
Não teriam se encontrado.

Não quero redescobrir
A minha verdade
Se ela me parece tão mais minha
Quando é nossa.

Não me deixe preencher com vazios
O espaço que é só teu
Não se encante em outro canto
Se aqui comigo você já fez morada.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Arejar-se!

 
 

Trecho do livro "A menina que roubava livros".

 
 
 
"Amar não precisa de motivo.
Motivo somente existe para se separar."
 
 Carpinejar.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Que eu?




"A moça não se importa de demonstrar o que sente. E se tiver que pagar um preço caro por sem assim, tão sentimental, tão inteira nas suas escolhas, não tem problema. Ela paga. Mas não deixa de ser quem quer ser, nem por um minuto."


Bibiana Benites

Também acredito nas minhas verdades.


sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Que eu possa...


Que eu possa respeitar opiniões diferentes da minha.
Que eu possa me desculpar antes do ódio.
Que eu possa escrever cartas de amor de repente.
Que eu possa viajar para adorar a distância.
Que eu possa voltar para dizer o que não tive coragem.
Que eu pense em meu amor ao travessar a rua.
Que eu pense na rua ao atravessar o amor.
Que eu dê conselhos sem condenar.
Que eu seja a vontade de rir.
Que eu não seduza para confundir.
Que eu seduza para iluminar.
Que eu não sacrifique a confiança pela covardia.
Que eu use somente as palavras que tenham sentido.
Que transforme a raiva em vontade de me entender.
Que eu possa soltar vaga-lumes que prendi em potes.
Que eu me lembre de ser feliz.

Carpinejar



segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Quando Deus aparece pra você?


Pra mim, Ele aparece sempre através da música. 
De forma inesperada, a música me transcende.
Deus me aparece nos livros,
 em parágrafos que não acredito que possam ter sido escritos por um ser mundano: foram escritos por um ser mais que humano.

Deus me aparece - muito! - quando estou em frente ao mar.
A gente se entende em meio ao azul, que seria a cor de Deus, se Ele tivesse uma.

Deus aparece quando choro. 
Quando a fragilidade é tanta que parece que não vou conseguir me reerguer.


Não sendo visível aos olhos, Ele dá preferência à sensibilidade como via de acesso a nós.

Faço minhas, as palavras de Martha Medeiros.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Deixa viver.


E do que precisamos?
Anote aí, é pouca coisa: silêncio, arte e amor.

-- Martha Medeiros

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Vamos seguindo: em frente!


"Sexto sentido feminino é igual a nuvem carregada,
 Pode ter certeza que mais cedo ou mais tarde desaba e chove.
Às vezes a chuva vem forte e leva tudo, mas na maioria das vezes lava a alma."

Renata Novacosque




quarta-feira, 10 de abril de 2013

A vida que segue.



"Há pessoas que nos roubam...Há pessoas que nos devolvem."
                                                                                 Fábio de Melo


quinta-feira, 14 de março de 2013

Guerreiro do Coração

 



 Qual é o caminho do coração?

É o caminho mais simples e óbvio. Você não tem que fazer malabarismos para estar nele. Nem aprender técnicas mirabolantes. Não precisa de certificados, experiência, recursos externos. N...
este momento, aqui e agora, você já possui tudo o que precisa para iniciar o caminho. O resto, se desenvolve caminhando. Mas o detalhe que diferencia o caminho do coração de outro caminho qualquer é: no caminho do coração, você consegue se colocar de peito escancarado diante de um ser humano, e estar verdadeiramente aberto, sem defesas, para aceitar o que vier do outro lado e, neste estado de absoluta entrega, você consegue dar seus dons e talentos ao outro. Você enxerga Deus no outro. E você é Deus agindo. Pelo menos neste instante. Não há melhor ou pior. Somente alguém servindo, e alguém recebendo.

(autor desconhecido)


quinta-feira, 7 de março de 2013

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Cuide-se, cuide-me!



Acolha o cristal que há em você.
Alegre-se por ser frágil.
Quem  sabe assim você se abra a bonitas experiencias de cuidados.
 
 

(Fábio de Melo)